Como ser um vencedor através da fé

MAIS PRUDENTES QUE OS FILHOS DA LUZ

“… Porque os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz.” (Lucas 16 : 8).
Até a palavra de Deus no diz isso, que é evidente também atualmente. Mas por que acontece isso se temos a palavra de Deus, O Espírito Santo de Deus, os dons espirituais e a fé? Em primeiro lugar, temos o livre-arbítrio, e Deus por mais que sejamos enormemente fiéis a Ele, não nos forçará a nada, mesmo que seja para o nosso bem. Em segundo, essa história de “ficar esperando tudo cair do céu” não existe e entre os não religiosos é tida como coisa de vagabundo.
O agir de Deus normalmente consiste em “nos dar o caminho pra que sigamos”. Deus só costuma fazer milagres quando os recursos do homem se esgotam, ainda quando Ele quer. Então Deus já fez sua parte, eu não sei o que alguns fiéis estão esperando para usar o seu livre-arbítrio com o que o Deus ensinou para serem bem-sucedidos em tudo. E é em tudo mesmo: a bíblia não é desse tamanho à toa.
Alguns fiéis são fracassados na fé porque ficam esperando tudo cair do céu, sendo que o que era para cair do céu já “caiu” faz tempo (a palavra de Deus), dependendo agora para se tornar real nos a realizarmos (agirmos). Uma pequena história pode ilustrar isso. Ela diz que certa vez havia uma enchente e um homem estava sobre o telhado e a água ainda subia rapidamente. Um barco passou do lado desse homem e o bombeiro disse “homem entre no barco!”. O morador, servo de Deus fiel, disse “eu não vou, Deus vai me salvar.” Depois disso, o barco passou ainda duas vezes e o homem respondeu a mesma coisa. Porém veio uma grande onda de lama e levou o homem, que morreu. Ao chegar no céu o homem, muito triste, perguntou a Deus “Senhor, porque o Senhor não me salvou?” Então Deus disse ao homem, eu tentei, três vezes, mandando aquele barco, e você não quis…
Não precisa explicar muito. É isso que muito religiosos fazem hoje. Ficam esperando sabe-se lá o que, se o que precisamos na vida quotidiana já temos. Querem que Deus passe por cima do livre-arbítrio nosso e faça o que nós devemos fazer. E muitos dizem “aberrações” incríveis sobre o assunto. Dizem que Deus mata as pessoas, que põe doenças, que Deus quer que nossa vida seja de um jeito, ou de outro, sendo que pra Ele tanto faz o caminho que nossa vida vai tomar, com tanto que esteja dentro da Sua palavra… Ele não tem “planos obrigatórios” para as nossas vidas. A nossa vida é nossa e os nossos planos fazem parte do nosso direito de livre-arbítrio. Para algumas pessoas porém Deus escolhe para obras grandiosas, como os apóstolos e missionários, o que não deve ser confundido com as pessoas comuns. Mas mesmo alguns apóstolos e missionários atualmente são dirigidos pelos próprios objetivos (até financeiros) em vez de o serem por Deus. Porque em vez de irem pregar na África e na China vão para Europa “pregar”, aonde um “missionário” fica “esbarrando” no outro.
Os não-religiosos nesse quesito levam vantagem. Como não servem a Deus, não ficam esperando nada cair do céu, ‘arregaçam as mangas” e “correm atrás do prejuízo”. Só que o que pouca gente sabe, é o que “muitos não-religiosos seguem mais a palavra de Deus do que boa parte dos fiéis”. Por exemplo, Nelson Mandela disse que” “as coisas sempre parecem impossíveis, até que sejam feitas”, tendo fé maior que muitos que fíes por aí. Muitas pessoas, como os religiosos, têm muitos recursos, porém perdem para pessoas que têm menos porque “usam” esse pouco, em vez de só “estocar” potenciais. Em situação de perigo, se buscarmos isso de Deus anteriormente, Ele pode nos dar uma direção “na hora”, mesmo que estejamos procurando pôr em prática a palavra de Deus. Não devemos portanto aceitar termos tantas condições e viver pior do que aqueles quer não tem tantos recursos quanto nós. Não devemos jogar fora o esforço de servir a Deus e o poder dEle que está , segundo a bíblia, à nossa disposição. A bíblia nos dispõe recursos mais assertivos e alguns caminhos que ainda nós não tínhamos nos dado conta que haveriam. O povo de Deus, quando saiu do Egito, reclamou para Deus porque não tinham carne, dizendo porque Deus havia os tirado do Egito para perecer no deserto: “Lembramo-nos dos peixes que no Egito comíamos de graça; e dos pepinos, e dos melões, e dos porros, e das cebolas, e dos alhos.
6 Mas agora a nossa alma se seca; coisa nenhuma há senão este maná diante dos nossos olhos.
7 E era o maná como semente de coentro, e a sua cor como a cor de bdélio.
8 Espalhava-se o povo e o colhia, e em moinhos o moía, ou num gral o pisava, e em panelas o cozia, e dele fazia bolos; e o seu sabor era como o sabor de azeite fresco.
9 E, quando o orvalho descia de noite sobre o arraial, o maná descia sobre ele.
10 Então Moisés ouviu chorar o povo pelas suas famílias, cada qual à porta da sua tenda; e a ira do SENHOR grandemente se acendeu, e pareceu mal aos olhos de Moisés.
11 E disse Moisés ao SENHOR: Por que fizeste mal a teu servo, e por que não achei graça aos teus olhos, visto que puseste sobre mim o cargo de todo este povo?
12 Concebi eu porventura todo este povo? Dei-o eu à luz? para que me dissesses: leva-o ao teu colo, como a ama leva a criança que mama, à terra que juraste a seus pais?
13 De onde teria eu carne para dar a todo este povo? Porquanto contra mim choram, dizendo: Dá-nos carne a comer;
14 Eu só não posso levar a todo este povo, porque muito pesado é para mim.
15 E se assim fazes comigo, mata-me, peço-te, se tenho achado graça aos teus olhos, e não me deixes ver o meu mal.
16 E disse o SENHOR a Moisés: Ajunta-me setenta homens dos anciãos de Israel, que sabes serem anciãos do povo e seus oficiais; e os trarás perante a tenda da congregação, e ali estejam contigo.
17 Então eu descerei e ali falarei contigo, e tirarei do espírito que está sobre ti, e o porei sobre eles; e contigo levarão a carga do povo, para que tu não a leves sozinho.
18 E dirás ao povo: Santificai-vos para amanhã, e comereis carne; porquanto chorastes aos ouvidos do SENHOR, dizendo: Quem nos dará carne a comer? Pois íamos bem no Egito; por isso o SENHOR vos dará carne, e comereis;
19 Não comereis um dia, nem dois dias, nem cinco dias, nem dez dias, nem vinte dias;
20 Mas um mês inteiro, até vos sair pelas narinas, até que vos enfastieis dela; porquanto rejeitastes ao SENHOR, que está no meio de vós, e chorastes diante dele, dizendo: Por que saímos do Egito?
21 E disse Moisés: Seiscentos mil homens de pé é este povo, no meio do qual estou; e tu tens dito: Dar-lhes-ei carne, e comerão um mês inteiro.
22 Degolar-se-ão para eles ovelhas e vacas que lhes bastem? Ou ajuntar-se-ão para eles todos os peixes do mar, que lhes bastem?
23 Porém, o SENHOR disse a Moisés: Teria sido encurtada a mão do SENHOR? Agora verás se a minha palavra se há de cumprir ou não.”(Números 11, 5-23). E nós como servos de Deus devemos fazer como o povo de Israel, indagar se Ele nos chamou à fé para perecermos na Sua presença: “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vô-lo conceda.” (João 15 : 16).

Parte 2

FANTASMAS, CUIDADO COM ELES!

É com que nós devemos nos preocupar hoje, pelo menos segundo alguns defensores das teorias dos “espíritos-vagantes”. Eles seriam pessoas ruins que morreram que ficariam atormentando os vivos. E qualquer religião ou seita cristãs se for perguntado dirão que seguem a bíblia, mas comparando suas doutrinas com ela, ficam longe do que A palavra de Deus diz. Os espíritas dizem que existem os espíritos de luz e a reencarnação, os católicos acreditam em santos e possessão demoníaca, e os evangélicos dizem que os únicos espíritos que “ficam por aí” são de demônios enganando os outros. Eu já prefiro ficar com que a bíblia diz, que os mortos não recebem nem fazem orações, antes estão descansando aonde morreram esperando o Dia do Juizo: ‘E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.’. (Apoc. 20-13). Nenhuma dessas religiões está errada, apenas não estão em conformidade com a bíblia. A palavra de Deus porém diz que “Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado,que seja amaldiçoado!”(Paulo de Tarso em Gálatas 1:8, Nova versão Internacional). Com relação ao inferno, antes de Jesus Cristo as pessoas eram salvas pelo que faziam, como todos pecaram, iam direto para o inferno. E falando sobre a voz do espírito de mortos, alguns cientistas admitem ela existir. Isso porque há alguns anos foram fazer estudos próximos a vulcões, e resolver ver que som tinha o interior da Terra. Com uma broca perfuraram até seis mil metros e a escavadora começou a girar em falso. Então colocaram um microfone em um cabo e desceram ele até onde não havia mais terra, talvez uma câmara. Então começaram a ouvir, e acharam estranho porque parecia “voz de pessoas”. Acharam estranho, pensaram que seria algum problema por causa do calor do magma, então colocaram na outra vez um microfone, só que dessa vez um que não fosse sensível ao calor,e agora, mais nítido ainda, a “voz de pessoas sofrendo”. Pela internet podemos achar essa gravação intitulada “As Vozes do Inferno”. Cada um que tire suas próprias conclusões. Se está no caminho errado ainda dá tempo de mudar: antes tarde do que nunca. No geral eu gosto de todas as religiões porque geralmente agregam valores para as pessoas, exceto os homens-bomba e os líderes evangélicos loucos com Jim Jones, que foi um líder de uma seita, mentor do suicídio em massa da comunidade deJonestown, na Guiana, em 18 de novembro de 1978, que causou a morte de de 918 pessoas por envenenamento, inclusive crianças. Por isso eu digo, cuidado com qualquer líder religioso que seja. A bíblia ainda é a nossa única “bússola” para a verdade. O Apostolo Paulo, que foi chamado pelo próprio Jesus, disse: “examinai tudo, retende o que é bom” ( l Tessalonicenses, 5,12). Qualquer religião séria no geral é boa, pois faz do homem um ser especial. Uma Igreja que eu tenho muito apreço, apesar de ser Protestante, é a Igreja Católica. Ela foi é é muito importante para a História porque criou os primeiros hospitais (Santa-casas), as primeiras universidades, protegeu os livros antigos durante as guerras,e não concordo com coisas como ví no site morte súbita.org, artigo intitulado “Inovações do Catolicismo” in Jesus Freak:
“O cristianismo passou por diversas mudança desde que as primeiras seitas se formaram. Hoje engloba uma série de tradições que foram incorporadas com o tempo. Celibato dos padres, conventos para freiras, 40 dias de Litania, Semana Santa, Domingo de Ramos, Quarta-feira de Cinzas, Dia de Todos os Santos, dias nos quais não se podem comer carne ou só peixes, incenso, óleo sagrado, ramos sagrados, medalhas de Cristóvão, amuletos, novenas são alguns dos exemplos desta transformação.
A cronologia abaixo revela um pouco das inovações que aconteceram nos últimos dois mil anos no seio da Igreja Católica.
1. Orações pelo mortos, começaram ao redor do ano 300 D.C.
2. Fazer o sinal da cruz. ano 300
3. Velas de cera ano 320
4. Veneração dos anjos e de santos mortos, e o uso de imagens ano 375.
5. Missa como celebração diária ano 394
6. Começo da exaltação de Maria, o termo Mãe de Deus cuja primeira aplicação deu-se no Concilio de Éfeso ano 431.
7. Sacerdotes começam a vestir-se de forma distinta da dos leigos ano 500
8. Extrema-unção ano 526
9. A doutrina do Purgatório, estabelecida por Gregório I ano 593.
10. O Latim usado nas orações e cultos, imposto por Gregório I ano 600.
11. Orações dirigidas a Maria, santos mortos e anjos ano 600.
12. Titulo de Papa ou Bispo Universal dado a Bonifácio III pelo Imperador Focas ano 607
13. Beijar o pé do Papa, começa com o Papa Constantino ano 709.
14. Culto à Cruz, imagens e relíquias autorizado no ano de 786.
15. Água benta misturada com um pouco de sal e abençoada por um sacerdote ano 850
16. Culto a São José ano 890
17. Colégio de Cardeais, estabelecido no ano de 927.
18. Batismo de sinos, instituído pelo Papa João XVIII ano 965.
19. Canonização de santos, pela primeira vez, pelo Papa João XV no ano 995.
20. Jejum nos dias: sexta-feira e durante a quaresma ano 998
21. Celibato do sacerdócio decretado por Gregório VIII (Hildebrando) ano 1079
22. O Rosário, oração mecânica com contas inventada por Pedro o Ermitão ano 1090.
23. A Inquisição, instituída pelo Concilio de Verona ano 1184.
24. Venda de Indulgências ano 1190
25. Transubstanciação, proclamada pelo Papa Inocêncio III ano de 1215.
26. Confissão Auricular de pecados, ao sacerdote em vez de a Deus, instituída por Inocêncio no Concilio de Latrão ano 1215.
27. Adoração da hóstia decretada pelo Papa Honório III ano 1220
28. Criação do Index, lista de livros proibidos aos leigos pelo Concilio de Valença ano 1229
29. O Escapulário inventado por Simão Stock um monge inglês ano 1251
30. É proibido ao povo o uso do vinho da Comunhão no Concilio de Constança ano 1414
31. O Purgatório proclamado como um dogma pelo Concilio de Florença ano 1439
32. A doutrina dos Sete Sacramentos confirmada ano 1439
33. Ave Maria (parte da última metade foi acrescentada 50 anos depois e aprovada pelo Papa Sixto V no final do século XVI) ano 1508
34. Jesuítas, ordem fundada por Loyola ano 1534.
35. Tradição, declarada de igual autoridade que a Bíblia pelo Concilio de Trento ano 1545.
36. Livros apócrifos, acrescentados á Bíblia pelo Concilio de Trento ano de 1546.
37. Credo do Papa Pio IV, imposto como credo ano 1560.
38. Imaculada Conceição da Virgem Maria, proclamada pelo Papa Pio IX ano 1854.
39. Silabo de erros, proclamado pelo Papa Pio IX e ratificado pelo Concilio Vaticano, condenando a Liberdade de culto, de consciência, de pregação, de imprensa e os descobrimentos científicos que são desaprovados pela Igreja Romana; sustentando a temporal autoridade do Papa sobre todos os governos civis ano de 1864.
40. Infalibilidade do Papa em matéria de fé e de moral proclamada pelo Concilio Vaticano ano 1870
41. Escolas Publicas condenada pelo Papa Pio XI ano 1930
42. Assunção da Virgem Maria (ascensão corporal ao Céu, pouco mais de sua morte) proclamada pelo Papa Pio XII. Ano 1950.
43. Maria, proclamada Mãe da Igreja pelo Papa Paulo VI ano 1965.”
44. Fim da doutrina católica de reencarnação, em 500 DC, após a mulher do Imperador Justiniano, uma ex-prostituta, exigir que ele assim fizesse.
“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará…” João 8,32.

Parte 3

HERESIAS DO FINAL DOS TEMPOS

” E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.” (Mateus 2411);
“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.” (Mateus 7;21-23);
“Porque, qualquer que de mim e das minhas palavras se envergonhar, dele se envergonhará o Filho do homem (Jesus), quando vier na sua glória, e na do Pai e dos santos anjos.(Volta de Jesus)in Lucas 9:26. Estamos em tempos difíceis. É claro que sempre houve desastres naturais, guerras, pestes e pobreza no mundo, mas os problemas enfrentados hoje evidentemente têm suas características particulares. Todas as sociedades antigas (gregos, romanos, persas), quando alcançaram seu apogeu, ruiram. Isso aconteceu porque quando as coisas exteriores melhoravam (fim das guerras, divisão dos bens conseguidos nelas (espólio), abundância de mão-de-obra, terras melhores para plantar), as pessoas pioraram como gente. A sensação de prosperidade fez com que estas sociedades fizessem todo tipo de abominação, vindo a se destruirem. E hoje não é diferente. A sensação de estabiblidade econômica e conforto criado pelo avanço tecnológico cria nas pessoas um “sentimento de relaxamento” nos vários aspectos da vida, que é perigoso muitas vezes, pois os cuidados e atenção que se tinham outrora, não são mais observados. O preço pela democracia em nosso país foi alto, até que se conseguiram as “diretas já”. Só que hoje ninguém praticamente gosta de votar. A liberdade de expressão foi tão enfatizada para que hoje as pessoas sejam todas iguais e sigam todas as mesmas coisas (moda, religião, convicções políticas) e aqueles que são diferentes são discriminados, caso de qualquer grupo minoritário atualmente. Com a fé está acontecendo o mesmo: quando as pessoas eram crucificadas e queimadas em praça pública, mártires da fé pregavam a palavra de Deus e movidos pela fé, muitos queriam aprender sobre o Jesus. Tanto que cada um tinha uma folha da bíblia, porque se fosse achada uma bíblia inteira com eles eram presos e/ou mortos, e quando terminavam de lê-las, trocavam-nas entre si. E hoje qualquer um que diz falar de Deus e que é de Deus é seguido por muitos. Falam que isso ocorre porque as pessoas não estão encontrando o Senhor por aí. Mas desse jeito não vão encontrar mesmo: Jesus não pode se manifestar onde pessoas sabem que estão erradas e ficam ensinando esses erros para as outras . Pois seria o mesmo que dizer que Ele concorda com as heresias pregadas pelos falsos profetas – “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.” (Mateus 14-21). Portanto, Deus não se manifesta onde a palavra dEle não é observada, havendo enganação dos fiéis. O bom-senso nessa hora deve ser usado, pois a obra de Deus é feita pela mão de homens, falhos, e nenhuma igreja é perfeita. Se o lugar onde se estiver não prega coisas que não têm fundamento bíblico, não se deve mudar de denominação. Mas se é pregado coisas como purgatório e coisas importantes como o dízimo são “descartadas”, deve ser mudado de igreja. É claro que se você estiver em uma igreja santa e não siga a palavra do Senhor Jesus Cristo, pouca diferença se fará – e mesmo que se esteja em uma igreja ruim, mas se siga a bíblia, não os homens ou denominações, Deus agirá na vida desse fiél. É importantante que se siga uma igreja ou pelo menos que pertença a uma reunião de irmãos: “Ele edificará uma casa ao meu nome, e me será por filho, e eu lhe serei por pai, e confirmarei o trono de seu reino sobre Israel, para sempre.”(Palavra do próprio Deus em I Crônicas 22-10) e “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.”(Mateus 18 : 20). Nos tempos de Jesus o senhor já não exigia templos projetados para se manifestar, mas que pelo menos alguns se reunissem em nome do Senhor. Há uma heresia que diz que não se precisa nem ao menos se reunir para buscar a Deus, por uma distorção de uma palavra santíssima da bíblia: “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (I Coríntios 6 : 19). Os que servem a Deus são de fato templos do Espírito Santo, mas o senhor exorta que também nos reunamos em nome dEle, porque além de estar no coração dos que já tem o Espírito Santo, também estará no meio dos que não têm: “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mateus 18 : 20). E é só isso e pronto – o que passar disso é do maligno: “Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna.” (Mateus 5 : 37); porque é o diabo que gosta de ficar inventando. Sabendo que o homem pode ser falho ao fazer a obra de Deus, ou ser um falso profeta conscientemente, devemos sempre comparar o que ouvimos e lemos com a palavra de Deus: “Examinai tudo. Retende o que é bom.” (I Tessalonicenses 5 : 21); “Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! (Jeremias 175)”.
“Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis…”(Mateus 7;15-16). Porém a maior heresia dos dias de hoje é a do “Jesus mega-sena”, serve e fica rico. O Senhor curou, libertou, ressucitou, alimentou, ensinou e prometeu prosperidade, nesse mundo e no vindouro, mas isso não tem nada a ver com essa mesquinharia que existe hoje de querer usar Jesus e a palavra dEle só por causa de dinheiro. Hoje faz-se tudo pelo dinheiro, e até Jesus estão tentando usar para isso. Mas o Senhor sabe de todas as coisas: “Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração e provo os rins; e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações.” (Jeremias 17:10). Quanto às riquezas foi dito: “E Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos, e te seguimos. E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.”(Marcos 10;28-30); “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6 : 33). ” E disse o SENHOR a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal. Então respondeu Satanás ao SENHOR, e disse: Porventura teme Jó a Deus debalde? Porventura tu não cercaste de sebe, a ele, e a sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste e o seu gado se tem aumentado na terra. Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face.”( Jó 1;8-11) Por isso devemos deixar que falem o que quiserem muitas vezes, mas guardar só o que presta, dentro do que a palavra de Deus diz ser certo, e ter o conhecimento de Deus e de tudo por aí, com propriedade, para não sermos enganados. Deus prospera, mas essa prosperidade faz parte de um “pacote de serviços” vulgarmente falando, que têm direito somente aqueles que servem a Deus de verdade, não que querem “dinheiro a mais”. A maior riqueza é ter Jesus na vida.

Parte 4

A CURA ATRAVÉS DA FÉ

A bíblia diz “Porque,onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mateus 18 : 20) e também diz:

“Jesus, sabendo isso, retirou-se dali, e acompanharam-no grandes multidões, e ele curou a todas.” (Mateus 12 : 15) e

“E, Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e possuído de íntima compaixão para com ela, curou os seus enfermos.” (Mateus 14 : 14) e ainda

“E, quando vinha chegando, o demônio o derrubou e convulsionou; porém, Jesus repreendeu o espírito imundo, e curou o menino, e o entregou a seu pai.” (Lucas 9 : 42)

“E seguiram-no grandes multidões, e curou-as ali.” (Mateus 19 : 2)

“E Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e teve compaixão deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor; e começou a ensinar-lhes muitas coisas.”

E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim.E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama.E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus. E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista.E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho. (Lucas 18-38).

E aproximou-se dele um leproso que, rogando-lhe, e pondo-se de joelhos diante dele, lhe dizia: Se queres, bem podes limpar-me. E Jesus, movido de grande compaixão, estendeu a mão, e tocou-o, e disse-lhe: Quero, sê limpo. E, tendo ele dito isto, logo a lepra desapareceu, e ficou limpo. (Mateus 1-42).

BOM, na igreja sempre têm mais de três pessoas reunidas em nome de Jesus. Então pode se dizer que Jesus está na igreja. E onde Jesus estava sempre tinha curas e milagres, porque Jesus não despedia ninguém doente, com fome, etc conforme se vê nos textos acima. Quem pedia para Jesus curar geralmente era curado. Podemos então concluir que Jesus está na igreja e onde ele está as pessoas que pedirem são curadas. Então porque as pessoas não são curadas hoje? Porque não pedem com se Jesus estivesse ali, e não pedem a cura como pediram quem estava no passado e que foram curados. A palavra de Deus e nem Jesus mente, conforme está escrito:

“O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.” (Mateus 24 : 35)

“Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?” (Números 23 : 19).

“Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente.” (Hebreus 13 : 8).

Apesar de parecer, não estamos sozinhos, ainda podemos contar com a Providência de Deus quando precisarmos. Para qualquer problema que surgir, existe ainda um Deus com a Providência mais forte que as doenças ou os problemas, se orarmos para Ele nos ajudar.

Até uma próxima oportunidade.

Anúncios
Comments
One Response to “Como ser um vencedor através da fé”
  1. Gostei do textoa mém por essa palavra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: