Segredos da mente humana

Por que as pessoas são psicologicamente diferentes das outras? Têm-se que ao nível neurológico todos são normalmente iguais, exceto superdotados e pessoas com necessidades mentais especiais. A razão das diferenças então são “externas”, ou seja, cada um pode ser o que quiser, sabendo o caminho e fazendo por onde. Isso desmistifica pessoas que acham que são “sobrenaturais” ou “alienígenas” por terem conseguido algum objetivo. Os fatores que determinam nossas diferenças são as interpretações que temos do mundo, e não características físicas ou financeiras, como muita gente ainda pensa. Muitos por causa do peso ou da cor acham que são inferiores aos outros, precisando de piedade, mas como já disse, neurologicamente o modelo do ser humano é padrão. Uns reclamam de suas características, outros a utilizam como vantagem, confirmando que realmente o que importa é a visão que temos de mundo, não a aparência. Na verdade, o ser humano tem em si “um nível de satisfação”, que está na mesma linha em todas as pessoas, porém é alcançado em cada um de formas diferentes. Por exemplo, em pessoas que sofreram muito, precisam de muito mais para alcançarem esse “nível”, que é o mesmo para todos. E quem tem mais do que este “nível” procura se depreciar até chegar nele. Por exemplo, quanto mais pobre se é na infância, mais algumas pessoas tentam compensar isso na vida adulta, e quanto mais orgulhosa é uma pessoas, em mais situações perigosas entra. Sabedoras disso, as pessoas não precisam entrar em situações perigosas só porque são felizes, e nem ficarem pobres ou não progredir na vida, só porque não foram infelizes na infância. As pessoas não progridem ou se destróem por causa desse “nível” inconsciente, que pelos religiosos se define como a “Justiça de Deus” que “iguala” ou tende a igualar a todos em satisfação de vida no mesmo patamar.
A INTELIGÊNCIA
Ela tende a ser confundida com quantidade de conhecimento ou títulos que deveriam indicar conhecimento, mas na verdade é a capacidade de produzir conhecimento útil e praticável, vindo ele ou não de outro conhecimento aprendido, confirmando que não se precisa de “estudo” para ser inteligente. Os filósofos gregos e romanos não dispunham de títulos de Ph.D. naquela época, mas produziram conhecimentos e leis que são largamente utilizados até hoje. A inteligência procura extrair da intuição e da montanha de conhecimentos hoje, algo que possa ser proveitoso, simples e praticável por todos. Todos os que ganharam prêmios Nobel foram úteis à sociedade, em geral. A inteligência provem, segundo os filósofos gregos, da observação e da auto-pergunta sobre as coisas. Tende-se a confundir inteligência com “automação”, o que certamente é um erro. Isso porque existem pessoas que possuem muitas “capacidades automáticas”, como tem quem possui prática em dirigir por exemplo, que tem a ver mais com a repetição ou prática, do que com a inteligência. Doravante, a nossa mente conscientemente apenas trabalha com o que a visão está focada, mas inconscientemente pode processar, dependendo da pessoa, várias informações e focar inúmeras coisas. Obviamente pode-se concluir que quanto mais informações inconscientes a nossa mente processa, mais bem-sucedida é a pessoa. Mas isso não é algo que possamos escolher, depende da quantidade de coisas que nos propomos a manejar. Se me proponho a trabalhar com coisas irrelevantes, nossa mente trabalhará modestamente, mas quanto mais complexa e perigosa sejam as atividades, provavelmente teremos uma mente que trabalhará de forma mais satisfatória. Por isso não adianta escolher coisas insignificantes para se fazer por medo da incapacidade, pois a mente “tende a se ajustar às nossas demandas”. O nosso cérebro é um músculo, e se for “exercitado”, também tende a se desenvolver, na quantidade de quanto é estimulado provavelmente.

Até uma próxima oportunidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: